"The Experiment" - Se for beber, não dirija.

Em Economia Comportamental por

Imagem do post:

De acordo com um estudo global realizado pela Heineken em 2018, 68% dos motoristas ingerem alcool antes de dirigir e em 49% das vezes se deixam levar pela pressão dos amigos, o que é chamado pelos cientistas comportamentais de peer pressure.

Seria possível realizar um tipo de "pressão do bem" para diminuir os índices de pessoas que ingerem bebidas alcoolicas e dirigem? 

A Heineken, em parceria com a InBehavior Lab, produziram um experimento em 18 bares localizados nas cidades de São Paulo e Porto Alegre com o objetivo de diminuir o consumo de alcool entre os motoristas. 

Foram criados incentivos "nudges" como cartazes informativos para conscientizar, encorajar e apoiar os motoristas a não ingerir bebidas alcoólicas e dirigir.

Após a realização das intervenções, foi constatado que 25% dos consumidores entrevistados não dirigiam após beber. 

A redução tem como ponto de comparação um estudo de controle realizado nos bares duas semanas antes das intervenções com 427 consumidores, onde 55,5% assumiram o risco de beber e dirigir.

Saiba mais nesta matéria publicada pela Exame

Voltar